Campeões Pela Europa 2017/2018 – Parte I

O que aconteceu na temporada europeia? Quais times foram campeões do futebol europeu? Com certeza você mais ligado no futebol sabe quem foram os campeões nas principais ligas na Europa, mas e em outros países menores? A partir de hoje e em ordem alfabética vamos fazer um resumo dos 42 campeonatos europeus e seus campeões de temporada 16/17 que estão encerrados.

Kategoria Superiore – Albânia 

Campeão: Skenderbeu

Vice: Perparimi

Artilheiro: Ali Sowe (Skenderbeu) e  Guri (Perparimi Kukesi) com 21 Gols.

O Skenderbeu recuperou o reinado no país após ter perdido o título da temporada anterior para o Perparimi que nessa temporada ficou com o vice. Os artilheiros foram Ali Sowe gambiano do Skenderbeu e o albanês Guri ambos com 21 gols. Pela Taça da Albânia o Skenderbeu venceu o Laci por 1×0 e garantiu o reinado no país.

 

Bundesliga – Alemanha

Campeão: Bayern Munchen

Vice: Schalke 04

Artilheiro: Robert Lewandowski ( Bayern Munchen) com 29 gols

Mais uma vez o Bayern Munchen nadou de braçada no campeonato alemão. Conquistando o seu sexto título de forma consecutiva com 21 pontos de vantagem sobre o Schalke 04. O artilheiro também foi do Bayern, Robert Lewandowski fez 29 gols contra 15 de Petersen. Na Copa da Alemanha, o tradicional Eintracht Frankfurt foi campeão e quebrou um jejum de 30 anos sem conquistas. Na final venceu o Bayern Munchen por 3×1.

Lliga Nacional de Futbol – Andorra 

Campeão: FC Santa Coloma

Vice: Engordany

Artilheiro: Vincent Ramael (Lusitanos) com 12 Gols

Por mais um ano sem novidades no campeonato nacional de Andorra. O FC Santa Coloma conquistou seu 11º título o quinto de forma consecutiva. O título veio de forma apertada com apenas 3 pontos de vantagem sobre o Engordany que tentava um título inédito. Pela Copa Nacional o FC Santa Coloma garantiu o título vencendo o Sant Juliá na final por 2×1.

Premier League – Armênia 

Campeão: Alashkert FC

Vice: Banants Yerevan

Artilheiro: Yedigarian (Alashkert FC) e Gegham Harutyunyan (Gandzasar) com 12 gols

O Alashkert FC não deu espaço para zebras e voltou a conquistar o título nacional é o terceiro título consecutivo da equipe. O vice campeonato ficou com o Banants Yerevan que ficou há seis pontos do título. O artilheiro do campeonato foi Gegham Harutyunyan do Gandzasar e Artak Yedigarian do campeão Alashkert ambos com 12 gols. Yedigarian também foi o artilheiro da temporada 2016/2017. Pela Copa Nacional o Gandzasar se tornou campeão batendo o Alashkert nos pênaltis.

Austrian Bundesliga – Áustria 

Campeão: Red Bull Salzburg

Vice:  Sturm Graz

Artilheiro: Munas Dabbur (Red Bull Salzburg) com 22 gols

O Red Bull Salzburg de novo sobrou (foram 13 pontos atrás do vice-campeão) e conquistou o seu 12º título do campeonato austríaco, o quinto de forma consecutiva. O vice ficou com o Sturm Graz que até chegou a liderar boa parte do começo do campeonato mas não manteve o mesmo folego ao longo da competição. O artilheiro foi o israelense Dabbur do Red Bull com 22 gols. Na taça da Austria o Sturm Graz voltou a ser campeão após 9 anos. Na final venceu o Red Bull por 1×0 na prorrogação com gol de Hierlander.

Premyer Liqasi – Azerbaijão

Campeão: Qarabag

Vice: FK Qabala

Artilheiro: Bagaliy Dabo (FK Qabala) com 13 gols

O Qarabag conquistou pela quinta vez consecutiva o campeonato local. E a vantagem nessa temporada foi ainda maior, foram 16 pontos para o novamente vice-campeão FK Qabala. A artilharia ficou com Bagaliy Dabo do FK Qabala que marcou 13 gols. Na Taça local o título ficou com o Keshl FK que antigamente se chamava Inter Baku. Na final o Keshla bateu o Neftchi por 1×0.

Jupiler Pro League – Bélgica

Campeão: Club Brugge

Vice: Standard Liége

Artilheiro: Hamdi Harbaoi (Zulte Waregem e Anderlecht) com 22 Gols

O Club Brugge voltou a conquistar o título belga. Foram apenas três pontos de vantagem para o Standard Liége, mas o título já estava garantido na ultima rodada. O Brugge chega assim ao seu 15º título nacional. O artilheiro foi o tunisiano Hamdi Harbaoi que jogou na temporada pelo Zulte Waregem e pelo Anderlecht e marcou 22 gols.  Na copa nacional o Standard conquistou o título vencendo o Genk por 1×0 na prorrogação.

Elenco do Brugge comemorando a conquista

Premijer Liga – Bósnia

Campeão: Zrinjski Mostar

Vice: Zeljeznicar

Artilheiro: Milos Filipovic (Zrinjski Mostar) com 15 Gols

Se na temporada passa a disputa foi ponto a ponto, nessa temporada o Zrinjski Mostar garantiu o título com mais folga. Foram seis pontos de diferença para o rival Zeljeznicar e mais um título para a história. Destaque para o artilheiro da competição. O sérvio Milos Filipovic marcou 15 gols na temporada. Pela Copa da Bósnia o Zeljeznicar ficou com o título vencendo o FK Krupa na final. Destaque negativo para a eliminação do Zrinjski Mostar ainda na primeira fase da competição.

A PFG – Bulgária

Campeão: Ludogorets Razgrad

Vice: CSKA Sofia

Artilheiro: Claudiu Keseru (Ludogorets Razgrad) com 26 Gols

Nenhuma surpresa com relação ao campeão búlgaro da temporada. O Ludogorets Razgrad conquistou pela sétima vez consecutiva o título. Destaque mais uma vez para o artilheiro da competição Claudiu Keseru repetiu a artilharia do ano passado porém com mais gols, foram 26. O vice-artilheiro foi um brasileiro. Fernando Karanga fez 24 gols com a camisa do CSKA Sófia. Na Copa da Bulgária o Slavia Sofia venceu o Levski na final apenas nos pênaltis, após empate por 0x0 enquanto rolou a bola.

A Kategoria – Chipre

Campeão: APOEL

Vice: Apollon Limassol

Artilheiro: Matt Derbyshire (Omonia) com 23 Gols

Pela sétima vez seguida o APOEL foi campeão nacional. Mas dessa vez o título foi mais sofrido. Foram apenas 3 pontos de vantagem para o vice-campeão Apollon Limassol. Assim o APOEL    abre vantagem significativa pro rival Omonia agora são 27 títulos do APOEL contra 20 do Omonia que ganhou pela última vez na temporada 2009/2010, a artilharia ficou para o veterano inglês Derbyshire de 32 anos. Na Taça do Chipre o AEK Larnaca venceu o Apollon LImassol na final por 2×1 e ficou com o título.

 

Prva Hrvatska Nogometna Liga – Croácia

Campeão: Dínamo Zagreb

Vice: HNK Rijeka

Artilheiro: El Arbi Soudani (Dínamo Zagreb) com 18 Gols

O Dinamo Zagreb voltou ao controle do futebol croata. Após ter sua sequência de 11 títulos interrompida em 2016/2017, a equipe da capital conquistou o título com três pontos de vantagem sobre o HNK Rijeka. O artilheiro da competição foi o argelino El Arbi Soudani com 17 gols. Destaque para o brasileiro Héber dos Santos do Rijeka que fez 16 gols. Na Copa da Croácia título para também para o Dínamo que bateu na final o rival Hajduk Split por 1×0.

Superliga  – Dinamarca

Campeão: Midtjylland

Vice: Brondby

Artilheiro: Pal Kirkevold (Hobro) com 22 Gols

Após dois anos de domínio do FC Kobenhaven o Midtjylland conquistou pela segunda vez o campeonato dinamarquês. O Brondby repetiu o vice-campeonato da temporada passada, consolidando novamente o clube nas primeiras posições do país. O artilheiro foi Pal Kirkevold do modesto Hobro com 22 gols. Na Taça da Dinamarca a taça voltou para as mãos do Brondby após 10 anos. Na final vitória sobre o Silkeborg por 3×1.

Scottish Premier League – Escócia

Campeão: Celtic

Vice: Aberdeen

Artilheiro: Kris Boyd (Kilmarnock) com 18 gols

Resumo: Nenhuma surpresa na Escócia. Não foi de maneira invicta mas o Celtic levou a taça pela sétima vez consecutiva e 49º na história. O Vice-campeão foi novamente o Aberdeen, mas o Rangers já dá mostras de que deve retomar seu lugar em breve entre os dois melhores times da liga. O artilheiro foi Kris Boyd do Kilmarnock com 18 gols. Tanto na FA escocesa, quanto na Taça da Liga escocesa mais dois títulos para o Celtic com duas vitórias sobre o Motherwell por 2×0.

Emerson Morelli

Fanático por futebol desde garoto, o colecionismo se tornou uma extensão disso.

Talvez você também se interesse por...

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *