Carles Mir e sua incrível coleção de camisas do Barcelona

Um colecionador que expõe para o Barcelona.

Quando falamos em coleções de camisas sempre pensamos em qual clube ou seleção está tendo sua história preservada e em qual lugar do Brasil está tal tesouro. Dessa vez o blog cruzou o Atlântico e foi buscar quase na fronteira entre Espanha e França, na cidade de Figueres, terra de Salvador Dalí, uma das coleções mais completas de camisas do Barcelona. A coleção de Carles Mir.

Imagine por um momento que você tenha sua coleção de camisas de seu clube do coração e o clube te chame para representá-los em uma exposição. Carles Mir tem mais de 20 exposições no “currículo” sendo que em duas ocasiões representou oficialmente o clube catalão.

Coleção de camisas do Barcelona

Parte da coleção de camisas do Barcelona de Carles Mir

Batemos um papo com Carles, uma figura simpática que contou mais detalhes sobre sua coleção.

NaGaveta: Quando surgiu a idéia de montar uma coleção de camisas do Barcelona?

Carles: Minha paixão pelas camisas do Barça começou em 1995. Comprei a primeira e logo vi que haviam muito mais modelos. Depois, com a entrada da Nike, o modelo mudava a cada ano e até hoje é assim e me passou pela cabeça que podia ser uma boa e original maneira de explicar a história do meu clube favorito.

NaGaveta: As pessoas próximas, o que acham dessa sua paixão?

Carles: Minha família adora porque todos são torcedores do Barça e todos os meus amigos alucinam com a coleção. Todos adoram e não param de tirar fotos quando tem a oportunidade de ver as camisas.

NaGaveta: É verdade que sua coleção começou com uma camisa feita por sua mãe? É a mais especial de sua coleção?

Carles: Sim, é verdade. É a camisa de 1899 e é a camisa mais especial para mim por dois motivos: foi o primeiro modelo que utilizou o clube e porque quem a fez foi minha mãe. Será uma bela recordação dela para toda a vida. Outra camisa muito especial para mim é a que me deu a mãe de Tito Vilanova, treinador do Barça em 2012/13 e que faleceu por um câncer. É também uma camisa muito especial.

Carles, com a camisa de 1899 que fez sua mãe e sua esposa Maria Leiner

Carles, com a camisa de 1899, a primeira camisa da coleção, e sua esposa Maria Leiner

NaGaveta: Você costuma realizar exposições das camisas do Barcelona. Já fez alguma a pedido do clube?

Carles: Sim, já fiz duas exposições a pedido do clube: durante a celebração do torneio amistoso do clube em 2016, que inclusive esse ano será com a participação da Chapecoense e outra com a Associação de Veteranos do clube. Sou o único colecionador particular que já colaborou com o clube em questão de camisas.

NaGaveta: Só Barcelona ou tem algumas camisas de outros clubes na sua coleção?

Carles: Tenho camisas de outros clubes sim. Clubes que tenho simpatia. A que mais gosto é uma do Ajax, de 1995, porque foi a primeira que comprei que não era do Barcelona.

NaGaveta: E qual você gosta mais do Barcelona?

Carles: A camisa que eu mais gosto é a do Barcelona que usaram quando ganharam a Supercopa da Europa em 92. É linda. Tem a Champions bordada acima do escudo e só existem 150 delas no mundo.

Camisa da Champions de 1994/95

Camisa da Champions de 1994/95

NaGaveta: Qual foi a camisa mais difícil de conseguir para sua coleção?

Carles: A camisa mais difícil de conseguir, sem dúvida, foi a laranja da Meyba, que utilizaram quando ganharam a primeira Champions League, em 1992. Busquei essa camisa durante 15 anos e me custou muito dinheiro.

Camisa Meyba da Final da Champions de 1991/92

Camisa Meyba da Final da Champions de 1991/92

NaGaveta: Qual é a camisa que você ainda sonha em ter?

Carles: A camisa que eu gostaria de ter é a da Champions 1994/95. Esse modelo não chegou a vender e só existem as que usaram os jogadores dessa época. É quase impossível de conseguir.

NaGaveta: Se pudesse escolher uma camisa de qualquer jogador da história do Barcelona. Qual escolheria?

Carles: Não poderia escolher só uma. Escolheria duas: uma de Ladislao Kubala, jogador húngaro dos anos 50 que foi o melhor jogador da história do clube até que surgiu Léo Messi. Essa é a outra camisa que eu queria.

NaGaveta: Na sua coleção Carles, tem alguma camisa de um clube brasileiro? Ou de algum jogador que você gostaria de ter?

Carles: Não tenho nenhuma camisa de um clube brasileiro, mas sem dúvida que a que eu gostaria muito ter era uma do Santos do rei Pelé.

NaGaveta: Carles, pelo Barcelona passaram muitos brasileiros. Qual deles, para você, foi o melhor que passou pelo clube?

Carles: Dos brasileiros eu sem dúvida ficaria com Ronaldo. Ele tinha tudo: técnica, criatividade, força… era imparável. Pena que só durou um ano sua passagem pelo Barça. Mas, o mais importante para a história do clube foi Ronaldinho. Com ele, o Barcelona voltou a ser grande e foi ele o mentor de Messi.

Uma coleção sempre em exposição

Carles Mir acaba de realizar a vigésima exposição de camisas do Barcelona, possui 110 camisas do clube catalão e faltam apenas 7 camisas para ter todas as camisas home da equipe. E entre arrumar e selecionar as camisas para a próxima exposição dedicou um tempinho para falar com o NaGaveta.com sobre camisas, coleção e Barcelona. Agradecemos a participação ilustre do primeiro colecionador de fora do Brasil e aguardamos os próximos colecionadores que queiram exibir suas raridades por aqui.

Entre em contato conosco. O próximo colecionador pode ser você.

Coleção de camisas do Barcelona

Parte da coleção de camisas do Barcelona de Carles Mir

Camisa de Tito Vilanova

Camisa de Tito Vilanova, presente da mãe do treinador.

Coleção de camisas do Barcelona

Parte da coleção de camisas do Barcelona de Carles Mir

Coleção de camisas do Barcelona

Parte da coleção de camisas do Barcelona de Carles Mir

Coleção de camisas do Barcelona

Exposição de camisas de Carles Mir para o Barcelona.

Fábio Vilela

Fábio Vilela cozinha, desenha, fotografa, coleciona camisas e gosta de falar de futebol. Adora lembrar dos craques dos anos 90 e da época de ouro do Calcio. Relembra com nostalgia dos seus esquadrões de futebol de botão, que ele mesmo fazia. Fã de polêmicas e de Cantona, Sérgio Ramos, Luis Suarez, Batistuta e acha La Bombonera o estádio mais legal do mundo.

Talvez você também se interesse por...

14 Responses

  1. 19/06/2017

    […] Hoje o Blog vai até a cidade de Viamão no Rio Grande do Sul entrevistar o colecionador Guilherme Moreira Costa. Também conhecido pelo apelido Guilherme Cabecinha que acabou de completar 100 camisas do foco de sua coleção. Vai nos contar um pouco sobre sua coleção com foco em seleções FIFA. Mais uma entrevista de nossa série que sempre mostra os colecionadores de várias partes do Brasil e do Mundo. […]

  2. 02/07/2017

    […] o NaGaveta continua sua série de entrevistas com os colecionadores espalhados pelo Brasil e pelo Mundo, o Blog foi até a cidade de São Paulo bater um papo com o colecionador Rodrigo Colucci. Rodrigo […]

  3. 17/07/2017

    […] o NaGaveta continua sua série de entrevistas com os colecionadores espalhados pelo Brasil e pelo Mundo. O Blog saiu da cidade de São Caetano e desembarcou na cidade maravilhosa. No Rio de Janeiro […]

  4. 20/07/2017

    […] o NaGaveta continua sua série de entrevistas com os colecionadores espalhados pelo Brasil e pelo Mundo. O Blog foi até a cidade de São Caetano bater um papo com o colecionador Wilson Jinno. Wilson nos […]

  5. 24/07/2017

    […] o NaGaveta continua sua série de entrevistas com os colecionadores espalhados pelo Brasil e pelo Mundo. O Blog sai do Rio de Janeiro e vai para o interior do Paraná, na cidade de Umuarama.  A […]

  6. 31/07/2017

    […] o NaGaveta continua sua série de entrevistas com os colecionadores espalhados pelo Brasil e pelo Mundo. O Blog sai de Umuarama e vai até a cidade de Campinas no interior de São Paulo. Vamos […]

  7. 06/08/2017

    […] o NaGaveta continua sua série de entrevistas com os colecionadores espalhados pelo Brasil e pelo Mundo. O Blog sai de Campinas e vai até a cidade de Juiz de Fora. Entrevistamos o colecionador Léo […]

  8. 03/09/2017

    […] o NaGaveta continua sua série de entrevistas com os colecionadores espalhados pelo Brasil e pelo Mundo. O Blog sai deBauru e vai até a cidade de XXXXX. Entrevistamos o colecionador Elias Verissimo. […]

  9. 10/09/2017

    […] o NaGaveta continua sua série de entrevistas com os colecionadores espalhados pelo Brasil e pelo Mundo. O Blog sai de Manaus e vai até a cidade de Araraquara. Entrevistamos o colecionador Cabral […]

  10. 18/09/2017

    […] o NaGaveta continua sua série de entrevistas com os colecionadores espalhados pelo Brasil e pelo Mundo. O Blog sai do interior de São Paulo em Araraquara e vai até a cidade de Curitiba. Entrevistamos […]

  11. 25/09/2017

    […] o NaGaveta continua sua série de entrevistas com os colecionadores espalhados pelo Brasil e pelo Mundo. O Blog sai de Curitiba e vai entrevistar o colecionador Magno Costa de Oliveira. O nosso […]

  12. 02/10/2017

    […] o NaGaveta continua sua série de entrevistas com os colecionadores espalhados pelo Brasil e pelo Mundo. O Blog sai de Fortaleza  e vai entrevistar a colecionadora e fanática por futebol feminino  […]

  13. 08/10/2017

    […] o NaGaveta continua sua série de entrevistas com os colecionadores espalhados pelo Brasil e pelo Mundo. O Blog vai entrevistar o colecionador Carlos Filho e sua linda coleção com diversas focos, entre […]

  14. 09/10/2017

    […] Como amantes de camisas que somos, fomos atrás da imagem da camisa usada pelo Barcelona na época em que Lineker jogou por lá e realmente as camisas que Guardiola pedia a Lineker fariam a diferença em qualquer coleção.  Afinal não somos como Carles Mir e suas inúmeras camisas do Barça. […]

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *