Colecionador – Carlos Filho

Hoje  o NaGaveta continua sua série de entrevistas com os colecionadores espalhados pelo Brasil e pelo Mundo. O Blog vai entrevistar o colecionador Carlos Filho e sua linda coleção com diversas focos, entre eles as camisas de times brasileiros patrocinados pela Coca-Cola.

NaGaveta.com: Como começou a colecionar? Alguém em especial te incentivou

Carlos: Eu comecei em 1991 quando meu pai me presenteou com duas camisas do São Paulo  da época. As camisas branca e listrada da IBF com número preto (algo raro hoje). A partir daí eu fui ganhando as camisas das temporadas sequentes até que em 1995, quando eu comecei a trabalhar, eu mesmo passei a comprar as minhas camisas. Na ocasião, comprei as camisas da Alemanha (Eurocopa 1996) e Bayern Munique (1995 listrada vermelha e azul) e em 1996 comprei do Manchester United (Umbro/Sharp) e Liverpool (bege Reebok/Carlsberg) e assim foi indo.

A partir desse momento fui comprando as camisas conforme dava o dinheiro, até que em 2005 eu cheguei ao número de 300 camisas variadas, mas hoje eu tenho 160. Tanto, que após eu casar e me mudar há menos de 1 ano, não tenho ainda um guarda roupas para guardar as camisas, atualmente eu armazeno elas dentro de caixas de plástico e as que mais eu uso, ficam em uma gaveta. Imagina, se eu ainda tivesse as 300 camisas, a quantidade de caixas seria pelo menos o dobro (rs).

Carlos e o lugar onde guarda suas camisas

Os Diversos focos de Carlos Filho

NaGaveta.com: Sua coleção tem algum foco específico?

Carlos: Sou um colecionador de camisas um pouco diferente dos demais. Eu gosto de usar grande parte da minha coleção, só compro camisas que me servem (exceto camisas de clubes nacionais que são rivais do meu time de coração: São Paulo). Por causa dessa “diferença” inusitada, eu me desfiz de quase metade da coleção ao longo desses mais de 10 anos. Tenho atualmente 4 focos para a coleção:

Camisas do São Paulo de 1988 até 1990 (Adidas/Coca-Cola) – Sou fascinado por essa camisa, acho a camisa mais linda que o São Paulo teve até hoje. Por causa disso, eu tenho a ideia de ter toda a numeração existente de jogo da época. Existem alguns colecionadores de camisas que fazem isso e quero seguir essa ideia também.

Camisas São Paulo – Coca-Cola

Portuguesa de Despostos – Gosto da nossa Lusa, ainda mais pela situação que ela se encontra atualmente. Fui comprando as camisas da Lusa com o critério de apenas achar bonita (gosto da combinação de cores verde e vermelho). Mas hoje ela se tornou um dos meus focos, atualmente possuo 12 camisas e quero ampliar esse número em breve.

Times Brasileiro Patrocinados pela Coca-Cola – Essa pra mim foi uma época mágica do futebol no final dos anos 80. Foi onde eu comecei a saber e entender o jogo. Por causa desse fascínio que essas camisas me despertam, eu decidi ter as camisas de cada clube que um dia tiveram o patrocínio da Coca-Cola. Essa coleção é um pouco mais difícil, porque existem muitas camisas raras que tem seu preço muito alto quando as encontro.

Diversas camisas com o patrocínio da Coca-Cola

Seleções e Clubes Internacionais – Esse foco é o mais novo que estou fazendo, por causa do atual padrão de design das camisas, eu passei a admirar mais as camisas da década de 90. Procuro comprar ou trocar camisas entre o período de 1990 a 1998. Na minha opinião foram camisas que não seguiam o mesmo padrão de hoje. A partir disso, eu acho que as camisas ficam muito parecidas e perderam um pouco alguns detalhes legais que fazem elas ser diferentes. Como um desenho, um alto relevo ou mesmo uma marca d’água no tecido.

Camisas de diversas seleções

As camisas de destaque

NaGaveta.com: Qual camisa você destaca na sua coleção?

Carlos: Ah, eu tenho algumas camisas que eu destaco. Só do São Paulo seriam 4 camisas, pela dificuldade em achar e o alto preço delas quando surgem para venda. 1985 (sem patrocínio), camisa de 1986 (também sem patrocínio) e 2 camisas listradas de 1988 e 1989. Além dessas eu gosto muito da camisa da Portuguesa de 1987 que foi usada em jogo na época. Essas talvez são as camisas que mais gosto dentro da minha coleção.

A paixão pelas camisas com patrocínio da Coca-Cola

NaGaveta.com: Como surgiu essa paixão por camisas com patrocínio da Coca-Cola (que aliás são sensacionais)

Carlos: Essa paixão veio por causa das camisas do São Paulo Futebol Clube da época da Coca-Cola. Eu sempre achei que essas camisas do final dos anos 80 e começo dos anos 90 eram muito bem feitas. O patrocínio em si, mesmo que grandes em algumas camisas, não tiraram a beleza delas. Por isso que passei a ter esse foco também em minha coleção.
NaGaveta.com: Por fim nos conte alguma história curiosa sua no colecionismo.
Carlos: Eu não tenho muitas histórias em compra e venda de camisas. Até porque nunca tive coragem de abordar alguém na rua para comprar uma camisa que estejam usando, como muitos colecionadores fazem. Mas uma curiosidade pelo menos para quando eu vou comprar é que eu sempre peço as medidas das camisas (largura e comprimento) antes de comprar, já que eu gosto de usar a maioria das camisas. Quando eu vendo, eu procuro pecar pelo excesso, em meus anúncios, sempre coloco todos os detalhes possíveis da camisa.

As camisas da Portuguesa

 

 

Emerson Morelli

Fanático por futebol desde garoto, o colecionismo se tornou uma extensão disso.

Talvez você também se interesse por...

2 Responses

  1. Rodolpho diz:

    Vc vende ?

  2. Cicero h sales diz:

    Eu vi suas camisas do sp pela coca e tenho a número 8 se acaso vc quiser pau a pau na 10 branca nos podemos fazer rolo.a minha tbem é branca

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *