Colecionador – Magno Costa de Oliveira.

Hoje o NaGaveta continua sua série de entrevistas com os colecionadores espalhados pelo Brasil e pelo Mundo. O Blog sai de Curitiba e vai entrevistar o colecionador Magno Costa de Oliveira. O nosso entrevistado é fanático pelo Fortaleza Esporte Clube. Magno nos contou um pouco da sua coleção, dessa sua paixão e de como sofreu em tantos anos na Série C. Além é lógico de como ficou feliz com acesso conquistado sábado.

NaGaveta.com: Como começou a colecionar?

Magno: Sempre comprei camisas mas não acumulava e também não me preocupava em ter todos os modelos. Em 2002 comprei os dois que saíram e em todos os anos seguintes. Depois comecei a perceber que o material histórico do Fortaleza era escasso. Apenas algumas fotos, então pensei em colecionar camisas como forma de preservar a memória histórica do clube. Em 2005 entrei em uma comunidade do Orkut de camisas que ajudou bastante nas aquisições. Mercado livre também.

Uma parte da coleção de Magno Costa de Oliveira

O maior incentivo é o amor pelo Fortaleza

NaGaveta.com: Alguém em especial te incentivou? 

Magno: Meu incentivo é o amor ao Fortaleza Esporte Clube.

NaGaveta.com: Sua coleção tem algum foco específico?

Magno: Coleciono apenas Fortaleza.

NaGaveta.com: Qual camisa você destaca na sua coleção?

Magno: Acabo gostando das mais antigas. Mas o meu xodó é a de 1982, eu a vi num pôster e sempre imaginava se conseguiria algum dia, tem um design diferente e muito bonito.

A sonhada camisa de 1982

 

NaGaveta.com: Fica nítido conversando contigo o amor pelo Fortaleza. Como foi sofrer nesses últimos anos sempre batendo na trave pelo acesso. E como foi finalmente essa conquista no ultimo sábado? 

Magno: O que se via em campo era um reflexo de uma desorganização fora de campo. Falta de planejamento, mudança e renúncia de presidentes. Mas o que fica sempre é a força da torcida que nunca abandonou e abraçou o clube por todo esse tempo. Hoje o Fortaleza volta bem mais forte pra série B do que quando disputou a última vez. É importante que o clube tenha voltado pra série B, pois próximo ano é o centenário.

Magno e o filho no Castelão

NaGaveta.com:  O que os parentes e amigos acham dessa sua paixão??

Magno: Na verdade meu pai, esposa e irmão sempre acharam muito legal. Eles divulgam bastante minha coleção. Meus amigos que não são colecionadores se surpreendem e acham meio q loucura. Mas tenho muitos amigos que colecionam também, a gente se ajuda bastante e assiste aos jogos juntos.

Vídeogame por Camisa

NaGaveta.com: E por fim nos contar alguma história curiosa de como conseguiu alguma de suas camisas.

Magno: Cara, são muitas histórias. Já peguei camisa com flanelinha (ele perguntou se era sério ou se eu iria queimar) (rs). Já parei o carro em frente a uma casa ao ver camisa do Fortaleza no varal. Já troquei camisa por videogame. São várias histórias, esse garimpo que é legal. É sempre ótima uma nova conquista e sempre de maneiras diferentes. Com certeza vale a pena pelo amor ao Fortaleza.

Algumas das camisas da Coleção de Magno

 

Como sempre, agradecer a entrevista e disponibilidade do amigo e colecionador Magno Costa de Oliveira . Por fim sempre lembrando aqui Na Gaveta.com, o espaço é todo seu e o próximo pode ser você.

Emerson Morelli

Fanático por futebol desde garoto, o colecionismo se tornou uma extensão disso.

You may also like...

2 Responses

  1. Pedro diz:

    Magno, me bota no meio dessa coleção

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *