Colecionadora – Abril Vanessa

Amigos do Nagaveta.com, como já é tradição mais uma segunda-feira e mais uma entrevista com um colecionador. Dessa vez a nossa entrevista é com uma colecionadora do México. Abril Vanessa nos falou sobre sua paixão por camisas e pelo Atlante-MEX. Confira:

NaGaveta.com: Como começou a colecionar? Alguém em especial te incentivou?

Vanessa: Eu comecei quando eu tinha 10 anos de idade, meu pai me deu uma camisa do Atlante. Eu me apaixonei por suas cores tanto que eu decidi comprar mais e mais. Eu parei de colecionar quando eu tinha 15 anos, então comecei de novo quando tinha 18 anos, conheci uma pessoa que hoje é meu namorado. Ele também coleciona as camisa do Atlante e diversos times do mundo. Ele me contou a história de cada uma das suas camisas.

NaGaveta.com: Sua coleção tem algum foco específico?

Vanessa: Meu foco são todas as camisas que me chamem a atenção e sejam linda. E lógico as camisas do meu Atlante.

NaGaveta.com: Qual camisa você destaca na sua coleção?

Vanessa: Uma camisola de goleiro de manga longa preta. Além de  uma camisola roxa de um ídolo do Atlante. Sebastián Ignacio González Valdés, o famoso “chamagol”.

Coleção de camisas do Atlante de Vanessa

 

NaGaveta.com: Você vai para o estádio? Como acompanha seu clube do coração ??

Vanessa: Sim, sempre que posso eu vou vê-los jogar apoiar com todo meu coração. Ás vezes não posso ir por estar estudando, mas não deixa de estar com o coração grudado no meu clube de coração.

NaGaveta.com: Você sente alguma discriminação por ser uma mulher colecionadora?

Vanessa: As vezes sim. Já que muitas pessoas pensam que, porque você é uma mulher, você não conhece futebol. Sinto que as pessoas acham que por ser mulher não se pode usar umas camisa de futebol. Muitas pessoas acham que temos que usar as roupas da moda. Mas com certeza o apoio do meu e do meu namorado são muito importantes para ser uma colecionadora e levar essa paixão em frente.

Vanessa usando uma das camisas da sua coleção

NaGaveta.com: Você sente alguma discriminação por ser uma mulher colecionadora?

Vanessa: Se eu tiver, é que uma pessoa que não conhecia, mas vive perto de mim em casa, vi-me gastar com camisolas Atlante, um dia ele se aproximou de mim e meia 4 camisolas, ele me disse que seu amor pela equipe é sincero , que lhes deu o meu coração e aceitou-os, o Senhor jogou no Atlante e verifica-se que essas camisolas são uma jóia. O mais curioso é que eu nunca mais o vi em minha vida.

NaGaveta.com Você tem uma história curiosa para nos contar sobre como você conseguiu uma de suas camisas?

Vanessa: Sim eu tenho. É que uma pessoa que não conhecia, mas vivia perto de minha casa. Viu que eu tinha muitas camisas do Atlante. Um dia ele se aproximou de mim e me deu 4 camisas. Ele me disse que meu amor pela equipe é sincero e que me dava as camisas de coração. O Senhor em questão jogou no Atlante e verifiquei que essas camisas são verdadeiras jóias. O mais curioso é que eu nunca mais o vi em minha vida.

Como sempre, agradecer a entrevista e disponibilidade da amiga e colecionadora Abril Vanessa. Por fim sempre lembrando aqui Na Gaveta.com, o espaço é todo seu e o próximo pode ser você.

Talvez você também se interesse por...

1 Response

  1. Felipe diz:

    Sou Felipe de Bruns Guenther, tenho uma coleção no foco do Coritiba Football Club, e estou a disposição para falar sobre minha coleção

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *