Futebol e fé

É unanimidade que o Alianza Lima seja um gigante do futebol peruano, o time com 22 títulos nacionais possui algo único no mundo, todo mês de outubro, troca o tradicional branco e azul para o branco e roxo, cores atribuídas ao Señor de Los Milagros, o padroeiro do Peru.

A primeira vez que ocorreu essa troca de cores foi em setembro de 1955, quando os Grones estavam sem dinheiro para comprar novos uniformes, até que um roupeiro do time conhecido como Pepe Chino, recorreu a uma associação de devotos do Señor de Los Milagros, para conseguir camisas novas, feitas com os tecidos que sobraram das roupas usadas no Santuário de las Nazarenas, principal templo religioso do Peru, e assim foi feito. Os uniformes foram fabricados de ultima hora, porém com um detalhe, ao invés das camisas serem nas cores tradicionais do clube, o azul foi substituído pelo roxo.

Os uniformes foram estreados em uma partida contra o Deportivo Municipal, onde o Alianza ganhou por 1 x 0, como o próximo jogo seria no dia 2 de outubro, dia do santo, eles reutilizaram as camisas, mas dessa vez como homenagem ao padroeiro. Desde então, todo ano no mês de outubro, o Alianza Lima troca suas cores em homenagem ao Cristo Morado, sendo o único clube do mundo a alterar as cores por um certo período de tempo.

Quem foi o Senor de los Milagros?

Em 1650, um membro da Alianza Pacachamilla; ordem religiosa feita por escravos angolanos; fez uma pintura da crucificação de Jesus em uma parede muito simples feita de barro, até que em 1655, um terremoto atingiu a cidade de Lima, derrubando todo o templo, porém a parede que estava pintada permaneceu de pé, em 1687, outro terremoto atingiu a cidade, porém novamente a imagem permaneceu intacta, em 1746, ocorreu outro sismo, o mais destrutivo da história do Peru, porém novamente a imagem permaneceu em pé. Atualmente, a imagem está localizada no Santuário Las Nazarenas, na cidade de Lima, lugar que atrai peregrinos e devotos de todo o país.

You may also like...

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *