Nove Estádios Alternativos pelo Mundo

Hoje o Por Fora das 4 Linhas passa por alguns países para mostrar alguns campos em lugares improváveis mas que a bola rola. Do seu jeito, com seus costumes e claro, com a presença de seus torcedores. Apresentamos aqui nove campos de futebol com sua particularidade e lembrando que existem muito mais por ai.

1 – Marina Bay em Singapura.

Localizado nas águas da reserva marinha da baía de Singapura, é de fato um dos mais distintos estádios de futebol do planeta. Há apenas uma arquibancada que comporta até 30 mil pessoas. É, desde 2007, a maior plataforma flutuante do mundo e sua estrutura pode aguentar até 1.070 toneladas. O local recebe grandes eventos anualmente, entre eles o circuito de Fórmula 1.

2 – Ottmar Hitzfeld Stadium na Suíça

É o campo de futebol mais alto do mundo. Situado a 2.000 metros acima do nível do mar nos Alpes Suíços e casa do FC Gspon, time do vilarejo local. O problema maior ai é errar a finalização e mandar a bola pra longe.

Ottmar Hitzfeld Stadium

3 – Estádio Gospin Dolac na Croácia

Outro palco rodeado de montanhas e ruínas. Foi construído em 1989 e pertence ao NK Imotski, da segunda divisão local. O estádio tem capacidade para 4 mil pessoas.

Estádio Gospin Dolac

4 – Estádio em Tasiilaq na Groenlândia

A população de toda a Groenlândia está na casa das duas mil pessoas, logo não há a necessidade de um estádio. No entanto em Tasiilaq este campo de terra chama a atenção pela paisagem que o acompanha.

Estádio em Tasiilaq na Groenlândia

5 – Estádio Hásteinsvöllur na Islândia

É um estádio multiuso antigo na região. Já tem mais de 100 anos, atualmente é mais usado para partidas de futebol. Fica localizado em Vestmannaeyjar na Islândia e sua capacidade é de 2.300 pessoas.

Estádio Hásteinsvöllur na Islândia

6 – Estádio Eidi na lhas Faroé

Localizado nas Ilhas Faroé um arquipélago entre Islândia e Escócia no Atlântico Norte. O estádio Eidi é utilizado por times semi-profissionais da região. O estádio é quase que totalmente rodeado por águas marítimas e aos torcedores resta um pequeno espaço para acompanharem aos jogos de pé. Durante os jogos o gandula fica em um barco para resgatar as bolas que caem no mar.

Estádio Eidi na lhas Faroé

7- Estádio Municipal de Braga em Portugal

Conhecido por Estádio da Pedreira. É um estádio de futebol situado na antiga freguesia de Dume, na cidade portuguesa de Braga. Projetado pelo Arquiteto português Eduardo Souto Moura e pelo Engenheiro português Rui Furtado. O estádio tem capacidade para 30 mil lugares tendo apenas duas bancadas laterais, sendo que os topos do estádio são constituídos pelo anfiteatros rupestres da encosta do monte.

Estádio Municipal de Braga

8 – Campo na Yucai School em Pequim na China.

Algumas cidades são tão povoadas que quase não tem mais para onde crescer. Um exemplo é o entorno desta escola e a única saída para um campo para os alunos foi ai mas e essa árvore ai, o que fazer com ela? Pois bem, a ideia claro era tira-la do local. Porém com tantos prédios históricos ao redor, claro que esta árvore também seria e o Prefeito local não permitiu a retirada da mesma com mais de 100 anos. Aí não teve jeito, o campo teve que ceder um espaço para ela.

Campo na Yucai School

9 – Campo da Árvore em São Paulo

Claro, nosso país também conta com seus campos em locais inusitados e destacamos esse que hoje claro não existe mais. Esse campo era localizado no bairro do Brás, em São Paulo. Ficou famoso nos anos 90, após uma foto feita pelo fotógrafo Alexandre Battibugli, em 1996. A foto saiu na revista Placar e ficou famosa no exterior também. Hoje, há uma creche no lugar. O campo da árvore ganhou até um mini-documentário feito pela Brahma. E como mostra a imagem, hoje o local deu lugar a uma creche mas a famosa árvore segue lá e o último registro obtido da mesma foi essa de 5 anos atrás.

Campo da Árvore em São Paulo Antigamente

 

Campo da Arvore em São Paulo em 1996 e em 2013

É pessoal, o futebol é a paixão mundial e em cada canto do planeta ela rola do seu jeito, como pode e nos causa surpresa os locais os quais recebem a redonda. Assim demos o apito final de hoje no Por Fora das 4 Linhas e prometendo voltar no próximo sábado com mais histórias sobre os campos de futebol. Até lá! Por Marcelo Sampaio Fontes GE, Gazeta MS

Talvez você também se interesse por...

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *