Por fora das 4 linhas – O Almeidão e o Amigão, as casas do futebol paraibano

Desembarcamos!
4800 km depois a caravana do por fora das quatro linhas deixa Buenos Aires para trás, onde você viu a história da La Bombonera para chegar no estado da Paraíba e fazer uma visita dupla, uma tabelinha entre os principais estádios do estado, o “Amigão” e o “Almeidão”. E porque falar de 2 estádios hoje? Além de ser a casa dos 3 principais clubes do estado, que somam 63 títulos estaduais juntos, ambos foram inaugurados com 24 horas de diferença onde o Botafogo-RJ esteve presente nas duas inaugurações.

Começamos a visita em Campina Grande, cidade do Campinense Clube e do Treze Futebol Clube, tradicionais clubes do estado, onde está situado o estádio Governador Ernany Sátyro, o popular “Amigão”.
O estádio leva o nome de um importante político do estado, 8 vezes deputado federal, prefeito de João Pessoa e Governador da Paraíba, era conhecido por todos por tratar a cada pessoa como “amigo velho” era o “amigão” dos moradores do estado. O Estádio teve sua inauguração no dia 08 de março de 1975 em uma partida contra o Botafogo-RJ que ficou empatado em 0x0. Uma semana depois já ocorria ali o “clássico dos maiorais” confronto entre os grandes times da cidade Campinense x Treze, empatado em 1×1, tendo o jogador Pedrinho do Campinense a honra de marcar o primeiro gol do estádio. Mesmo já tendo recebido a Seleção Brasileira para um amistoso contra o Uruguai em 1992, o maior público registrado do Amigão ocorreu 10 anos antes, na partida entre Treze x Flamengo, onde 42.149 viram o rubro negro carioca triunfar por 3 x 1.

Estádio em Campina Grande para o clássico Treze-PB x Campinense.

Um dia após a inauguração do Amigão, há 134 km de distância ocorreu a inauguração do “Almeidão”; o estádio José Américo de Almeida Filho, casa do Botafogo da Paraíba na capital João Pessoa. No dia 09 de março de 1975 a equipe da capital paraibana recebeu também o Botafogo-RJ e dessa vez nada de placar em branco, a equipe carioca saiu de lá com uma vitória por 2 x 0 sobre os donos da festa, quem teve a honra de marcar o primeiro gol foi Tiquinho. Com antiga capacidade para 45 mil pessoas, no dia 15 de novembro de 1998 44.268 registraram o público recorde do estádio, para acompanhar a final estadual entre Botafogo-PB x Campinense que terminou com vitória do mandante por 2 x 0, que ficou com o título estadual daquele ano. Almeidão passou por reforma mesmo não recebendo jogos da Copa do Mundo de 2014, ele recebeu um novo gramado padrão FIFA e suas instalações foram recuperadas, porém sua capacidade hoje chega a pouco mais de 25 mil pessoas.

A casa do Botafogo-PB na capital João Pessoa.

E continue embarcando conosco, todos os sábados para conhecer um pouco mais sobre os estádios do nosso futebol. Todo sábado por fora das quatro linhas desembarca em uma cidade nova, trazendo histórias para você.

Continue seguindo nagaveta.com para ver a nossa próxima viagem, até mais!

Por: Renato Oliveira

You may also like...

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *