O Melhor Club Atlético Boca Juniors de Todos os Tempos

Seleção Escalada originalmente publicada pelo Blog Enciclopédia do Futebol. Curta também a página no Facebook.

Essa semana o Blog Enciclopédia do Futebol e o NaGaveta vão escalar os 11 maiores jogadores de um dos maiores times argentinos da história do futebol portenho, o Clube Atlético Boca Juniors. confira e deixe sua opinião.

1: Américo Tesoriere

Considerado uma das primeiras lendas do futebol argentino, Américo Tesoriere marcou época no gol do Boca Juniors. Foram 12 taças  e 167 jogos com a camisa dos xeneizes. Ele chegou a ser exaltado pelos uruguaios em uma época em que a rivalidade do Rio da Prata era mais tensa do que entre Boca e River.

 

2: Carlos Sosa e 6: Silvio Marzolini

Na lateral-direita um símbolo do clube nos anos 40 Carlos “Lucho” Sosa, foi símbolo de raça e técnica durante seus 10 anos, 271 partidas e 7 gols, além de 5 títulos com a camisa do Boca. Na esquerda Silvio Marzolini, considerado o maior lateral-esquerdo da história do futebol argentino, foram 12 anos de Boca Juniors. Jogador de ótima marcação, e um controle de bola acima da média, conquistou 6 títulos em sua passagem pelo clube. Participou das Copas de 1962 e 1966, nessa ultima foi eleito o melhor lateral-esquerdo da Copa da Inglaterra. Foram 406 jogos com a camisa do Boca, é o terceiro jogador que mais vestiu a camisa do clube e tem um busto em sua homenagem.

3: Oscar Ruggeri e 4: Ludovico Bidoglio

Na zaga um campeão do mundo, Oscar Ruggeri esteve na Copa do Mundo de 1986, também disputou as Copas de 90 e 94. Pelo Boca foram 147 jogos e 11 gols, participou do time campeão metropolitano de 81 que tinha como destaques Maradona e Brindisi. Ao lado dele Ludovico Bidoglio, zagueiro que fez parte do primeiro time campeão do Boca Juniors na era profissional. Foram 203 partidas e nove títulos pelos xeneizes. Aqui uma menção mais que honrosa para Domingos da Guia que foi bicampeão pelo clube.

 


5: Antonio Rattín (c) e 7: Ernesto Lazzatti

O primeiro volante é um mito do futebol argentino, o homem que fez a regra do cartão mudar na Copa de 66, Antonio Rattín. Sua estréia pelo Boca foi em um Superclássico, a missão? Marcar simplesmente um dos maiores jogadores da história do futebol argentino Angel Labruna. O Boca venceu por 2×1, mas Rattín entrou em uma fase de seca de títulos do clube, foram apenas 5 em 14 anos de clube. Tem um busto em sua homenagem no clube. O primeiro “Pibe de Oro”, jogador de extremo talento que unia a raça argentina com muita técnica, marcou época conquistando dez títulos e destruindo adversários com a camisa do Boca Juniors.


8: Juan Román Riquelme ☆ e 10: Diego Maradona

Nas meias dois gênios do futebol argentino. Diego Maradona o 10 é o maior jogador argentino de todos os tempos. Suas passagens pelo Boca foram curtas mas marcantes, na primeira 40 jogos e 35 gols e uma dupla de tirar histórica com Brindisi, na segunda passagem mais 31 jogos e 11 gols para se despedir do futebol com a camisa que sempre amou. Ao lado de Don Diego, Juan Román Riquelme, foram 388 jogos, 92 gols e 11 títulos com a camisa dos Xeneizes, muito talento e entrega ao Boca. Segundo muitos historiadores do clube o maior ídolo da história do clube.

9: Martín Palermo e 11: Roberto Cherro

No ataque não poderia ser diferente, gols muitos gols. Roberto Cherro o segundo maior artilheiro do clube. Foram 221 gols com a camisa do Boca, sete título e por três vezes artilheiro do campeonato argentino. Ao lado de Cherro, Martín Palermo. Marcado no Brasil por perder três pênaltis contra a Colômbia ele é uma lenda Xeneize. Foram 236 gols pelo Boca, ganhou seis vezes o campeonato argentino e conquistou sete títulos internacionais pelo Boca.

Técnico: Carlos Bianchi

Disparado o maior treinador da história do Boca Juniors. Elevou o clube para outro patamar no futebol mundial. Conquistou quatro campeonatos argentinos, três Libertadores e dois Mundiais pelo clube Xeneize.

Emerson Morelli

Fanático por futebol desde garoto, o colecionismo se tornou uma extensão disso.

Talvez você também se interesse por...

1 Response

  1. 14/06/2018

    […] maiores ídolos no futebol foram a lenda Diego Armando Maradona, considerado por muitos o maior jogador da história e que defendeu a Albiceleste em 91 […]

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *