Para onde caminhas Newcastle?

Texto originalmente publicado pelo Blog A Economia do Golo. Conheça mais e Curta a página no Facebook clicando aqui.

https://www.instagram.com/championsshirts.cs/

O gigante do noroeste inglês vive tempos conturbados. A pouco mais de 3 semanas do fechamento do mercado de transferências e do início da Premier League, os Magpies ainda não têm treinador. Rafael Benitez partiu e o seu sucessor ainda não chegou a St. James Park. Steve Bruce é o nome apontado para substituir o espanhol, e os adeptos não estão felizes com a escolha. Aliás, quem vier terá vida difícil. Rafa era um ídolo entre o Toon Army.

Rafa Benitez e a estabilidade

Subiu a equipe do Championship à Premier League em 2016/2017 na primeira tentativa. Com relativa facilidade manteve o clube entre os grandes do futebol inglês nas 2 últimas temporadas. Isso apesar do escasso investimento por parte do clube. Inclusive, no último verão, o valor encaixado em transferências foi superior ao valor gasto em contratações. Rafa estava descontente, e o Toon Army também. O Newcastle United FC é um gigante, Saint James Park está sempre lotado e os adeptos têm ambição.

Ambição essa que não é partilhada por Mike Ashley, bilionário inglês de 54 anos e proprietário do clube. Já o ano passado Rafa queria mais, mas Mike Ashley não deu.

Com o contrato do espanhol a terminar a 30 de Junho, e com a política do clube a não sofrer alterações, o espanhol decidiu não renovar. Com Rafa, sairam também Ayoze Pérez e Salomon Rondon. Significa que o Newcastle perdeu 52 por cento dos gols marcados na temporada passada. Substitutos ainda não há. Para aumentar a insatisfação dos adeptos, verificou-se um aumento de cerca de 5 por cento do preço dos bilhetes da temporada.

Avizinham-se tempos difíceis para o Newcastle. Sem treinador, adeptos descontentes, os melhores jogadores já sairam e pouca vontade em investir. Que futuro para os Magpies?

Miguel Baptista

Atualização. Em 17/07 o contestado Steve Bruce foi anunciado como o novo tecnico do Newcastle para a temporada.

Emerson Morelli

Fanático por futebol desde garoto, o colecionismo se tornou uma extensão disso.

You may also like...

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *