Torwart – Bodo Illgner

Nascido em Koblenz, no dia 07/04/1967, Bodo Illgner foi um lendário goleiro alemão que conquistou diversos títulos e, entre eles, a última Copa do Mundo da Alemanha Ocidental em 1990.

Iniciou sua carreira no Hartdberg, em 1973 e ficando por lá durante 10 anos. Com 16 anos chegou ao tradicional Côlonia, ficando um período nas categorias de base até chegar ao profissional. Logo em sua estreia, um desafio: entrar durante a partida para substituir Harald Schumacher que acabara de ser expulso e do outro lado ter o Bayern de Munique como adversário. Porém Illgner já tinha bagagem da seleção sub 21 e teve uma boa atuação.

O titular Schumacher deixaria o Colônia no ano seguinte, abrindo espaço para Illgner brilhar. Na temporada 1987/88, levou seu time ao 3º lugar da Bundesliga e veio a primeira convocação para seleção principal, do então técnico Franz Beckenbauer. Ainda em 1988, disputou seu primeiro torneio pela seleção alemã, a Eurocopa, na qual foi reserva de Eike Immel. Na temporada seguinte, com grandes atuações, o vice campeonato engrandeceu mais ainda Illgner que assumiria a titularidade da meta alemã.

Em 1990 foi o ápice da sua carreira, onde foi o goleiro titular da seleção alemã campeã do mundo, na Itália, numa revanche diante da Argentina, que vencera a copa anterior, em 1986. Illgner torno-se o primeiro goleiro a não sofrer gol em final de copa e também o mais novo a conquistar a competição. O grande destaque foi a defesa nas cobranças de pênaltis, na semi finais, contra a Inglaterra, de Stuart Pearce. Este foi o único título de Illgner pela seleção alemã. Em 1992 disputou a Eurocopa, chegando na final, mas sendo surpreendido pela Dinamarca e ficando com o vice campeonato. Na Copa de 1994, eliminação nas quartas de finais pela sensação búlgara comandada por Stoichkov. Depois do mundial, Illgner se aposentaria do selecionado alemão com apenas 27 anos.

Mesmo sem jogar pela Alemanha, o nível de Illgner continuava elevado e, em 1996, após pedido do treinador italiano Fabio Capello, o goleiro alemão deixou o Colônia e rumou ao Real Madrid, da Espanha. Chegou sendo campeão nacional, mas algumas lesões atrapalharam seus planos na meta dos merengues. Mesmo sem atuar tanto, em 1998, conquistou a UEFA Champions League e o intercontinental. Na temporada seguinte, mais uma lesão que levou Illgner ceder espaço para um jovem espanhol de apenas 18 anos… Iker Casillas. Mesmo recuparado, em 2001, Illgner anunciou sua aposentaria, deixando os gramados aos 34 anos e sendo considerado o melhor goleiro estrangeiro da história do Real Madrid.

You may also like...

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *